Música e o desenvolvimento cognitivo da criança.

Qual a importância da música para o desenvolvimento cognitivo da criança?

A Música estimula o desenvolvimento inteletual, pessoal e social das crianças e jovens, e na escola pode auxiliar no desenvolvimento de aprendizagens nas diversas áreas do conhecimento.

A  expressão musical constitui uma ferramenta importante e de suporte cognitivo, nas brincadeiras e nas atividades. Está presente não só no quotidiano das crianças, mas em tudo o que a rodeia.

Por isso, a música pode transformar o espaço escolar e familiar num ambiente adequado à aprendizagem,  estimula  ritmo e a coordenação motora e favorece a autonomia e interação entre as crianças.

A música é felicidade para a criança :).


Marc-Chagall-The-blue-fiddler

Leia aqui:

http://www.antroposofy.com.br/wordpress/criancas-que-tem-aula-de-musica-ampliam-suas-funcoes-cognitivas-para-sempre/

Educação social e emocional

Durante muito tempo, o potencial de uma pessoa para alcançar o sucesso era medido pela sua inteligência e conhecimento e pelas suas habilidades cognitivas, falávamos em Quociente de Inteligência (QI).

Este cenário tem vindo a perder importância e, cada vez mais, se discute e valoriza a inteligência emocional e a inteligência social, como forma de alcançar o sucesso. Continuar a ler

Ficar de castigo

As crianças devem ir aprendendo desde cedo a distinguir o que está bem do que está mal, a nossa aprovação ou reprovação fase a uma conduta, manifesta-se com sinais positivos ou negativos, consoante o caso.

Por norma uma atitude positiva, pode ser recompensada com aprovação, para uma criança um sorriso ou uma frase simples  “Muito Bem” “Estou orgulhosa” pode ser bastante motivador.

No entanto, no caso de um comportamento reincidente ou negativo necessita da nossa atuação imediata e proporcional à conduta que queremos corrigir.

Continuar a ler

Idiot Box – Série retrata como as crianças ficam em frente à televisão

A televisão sempre teve alguma influência sobre as crianças. Atualmente, há quem defenda que esta tecnologia tem um papel pedagógico e há quem diga mesmo que até uma certa idade as crianças nem deviam ver televisão. A verdade é que qualquer criança que esteja em frente a este aparelho fica completamente envolvida e fascinada, quase que hipnotizada.


Donna Stevens retrata como os pequenos ficam quando estão vendo televisão, o nome Idiot Box (caixa idiota) lança a discussão se este aparelho deve ou não ter tanta a influência sobre os mais pequenos.


E o seu filho quanto tempo passa a ver televisão?

Psicologia Acessível

Sabe quando colocamos as crianças em frente à televisão para termos “uns minutos de sossego”?

Esta série fotográfica criada por Donna Stevens retrata como os pequenos ficam quando estão assistindo à TV. O nome escolhido para a série foi Idiot Box (Caixa Idiota, em português) e tem o objetivo de discutir a influência que a televisão pode ter sobre as crianças, que parecem ficar absolutamente fascinadas diante do aparelho.

É fato que, desde muito novas, as crianças parecem se sentir muito atraídas pelas luzes, cores e sons da TV e as famílias a encaram como forte aliada quando precisam “acalmar” os filhos. Não é difícil encontrar televisões ligadas de forma contínua mesmo em creches e berçários e, com o estilo de vida cada vez mais corrido dos adultos, parece mesmo ser um alívio quando a criança enfim se aquieta para assistir aos seus desenhos preferidos.

Qual a influência disso sobre…

View original post mais 71 palavras